sexta-feira, 31 de outubro de 2008

♪ Smile - Charlie Chaplin

Meu primeiro grande amor.
Esta personagem:Chaplin.
Em minha vida teatral,fora esta a personagem quem me guiou.
O maior mímico que conheci de todos os tempos,os mais expressivo e contestador.
Dando ao humor a responsabilidade e o sentido que lhe cabe.O verdadeiro sentido de gritar calado.

6 comentários:

Delfim peixoto disse...

um ícone ainda vivo na nossa memória, por isso eterno

Cris disse...

Querido Delfim

Chaplin faz parte da minha vida.
Fora minha grande inspiração artística. E particularmente adoro a mímica.É minha expressão máxima.
Está tudo lá no gestual,no olhar e no sagrado silêncio.A arte de ser.

Anônimo disse...

E como ja ouvi alguns belos ditados..
"Nem sempre as palavras se tornam a melhor opção de se dizer alguma coisa,pois um silêncio explica quaisquer sentimento,que palavra alguma traduz."


Te amo muito mãe!

(Thais Naomi)

Cris disse...

É sempre bom ter você por aqui minha florzinha.
É entendes tão bem meu silêncio.
Chaplin também era um clown romântico e um tanto chorão.
Ainda vamos dar boas risadas deste momento, prometo.
Te amo.

Anônimo disse...

Sabes, cris? O meu pai fez as delícias da minha infânca e os momentos que mais recordo eram aqueles ele, eu e a minha irmã, em filinha, imitávamos o charlie chaplin...
Beijinho. Vou dormir. Acabei de escrever aos meus pais e estou abalada.
Beijinho da Lia

Daniel disse...

O Chaplin perdeu a graça e o talento quando começou a falar. Foi pena. Mas não estragou o mito.
Um beijo, Cristina.