segunda-feira, 1 de setembro de 2008

O Que Há.


O que há em mim é sobretudo cansaço —
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.
A sutileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto em alguém,
Essas coisas todas —
Essas e o que falta nelas eternamente —;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço.
Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada —
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque quero tudo,
ou um pouco mais,
se puder ser,
Ou até se não puder ser...
E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada,
isto é, isto...
Para mim só um grande,
um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço,
Íssimno, íssimo, íssimo,
Cansaço...
Álvaro de Campos.

7 comentários:

Lia disse...

Este é um dos meus poemas preferidos e todos os meus alunos o sabem de trás para a frente e para os lados e ...

P.S. O que há em ti é sobretudo leveza...

Marquinhos disse...

Aqui é o Marquinho, Pai da Maria Eduarda e dizemos que amamos vc....

Cris disse...

Lia
Amo esse poema.
Valeu a força, mas ando um pouco cansada... Mas, já passa, tudo tem jeito nesta vida.Tudo.Até o cansaço.Beijos bem carinhosos no coração.

Cris disse...

Marquinhos

Amo muito vocês, não esqueça nunca disso, e perdoe-me o cansaço,já vai passar.
É uma grande realização a pequena Maria Eduarda.Grande garoto, caprichou hein??? Anota a receita.
Muitos beijos,e aquele abraço de alma.

Daniel de Sá disse...

Fica quieta, sim?
Ainda que estejas morta de cansaço,
Não esperes de mim
Que te canse com um abraço.
Eu dou-to devagar, suavemente,
Tratando o anjo que és como se fosse gente.

Cris disse...

Puxa...o cansaço esta indo embora depois deste abraço Daniel.

Elisabete disse...

Quando se tem amigos da qualidade do Daniel de Sá, o cansaço passa rápido, né?
Parafraseando a Lia: O que é em ti é... amor.